Digitalização do agro está impactando e transformando o mercado de trabalho

A crescente digitalização do agronegócio está impactando no perfil dos profissionais que atuam nesse setor, fazendo com que o mercado de trabalho no agro passe por uma grande transformação.


Um estudo feito pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e pela Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável, revelou que haverá um crescimento de 400% no número de vagas para técnicos em agricultura digital até 2030 e há uma expectativa de que a demanda de 5,8 mil chegue a 29 mil em até oito anos.


Já a pesquisa Profissões Emergentes na Era Digital mostrou que poderá ter uma falta de profissionais especializados diante dessa alta demanda.


Além disso, uma outra pesquisa da PWC, uma empresa focada na prestação de serviços integrados nas áreas de auditoria e asseguração, revelou que haverá uma mudança importante no perfil da força de trabalho global. As funções tradicionais do mercado de trabalho – cerca de 15,4% - vão diminuir para 9% até 2025. Entre as futuras especializações estão as de engenheiro agrônomo digital, técnico em agronegócio digital e técnico em agricultura digital.


Fonte: https://jovempan.com.br/opiniao-jovem-pan/comentaristas/kellen-severo/digitalizacao-no-agro-demanda-por-profissionais-devera-crescer-ate-400-em-2030.html

8 visualizações0 comentário