Embrapa cria mapa digital que indica estoque de carbono no solo

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) criou um mapa digital que promete ser uma ferramenta importante para a tomada de decisões sobre o manejo do solo, especialmente em relação à presença de carbono. Esse manejo inclui ações relacionadas, por exemplo, ao zoneamento ambiental por órgãos governamentais e às atividades agrícolas.


Tecnologia já está passando por atualizações (Crédito: Pixabay)

Desenvolvido pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) e já atualizado pelo Comitê Executivo do Programa Nacional de Levantamento e Interpretação de Solos no Brasil (PronaSolos), o mapa ajuda a analisar a presença de carbono no solo, o que fornece informações relevantes sobre a emissão de gases de efeito estufa, responsáveis pelo aquecimento global.


A Embrapa avalia que o conhecimento sobre estoques de carbono contribui para que o solo seja usado de forma ambientalmente sustentável, evitando sua degradação. Afinal, um solo degradado (por erosão ou desmatamento, por exemplo) perde matéria orgânica, passa a poluir mais a atmosfera e, ainda, reduz o potencial produtivo das áreas agrícolas.


Fonte: Canal Rural.

21 visualizações0 comentário