HackatAgro 2020 reforça debate sobre digitalização do Agro Gaúcho

Atualizado: Set 4

O projeto busca sensibilizar parceiros em prol do desenvolvimento de soluções tecnológicas para o campo





O processo de digitalização do agronegócio gaúcho ganha força a partir desse mês com o HackatAgro 2020. Promovido pela Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul (Farsul), o projeto realizará inúmeras atividades visando mobilizar setores que possam contribuir nesse processo. A extensa programação conta com webinars, podcasts, websérie, portal de notícias e um hackathon, realizados até dezembro deste ano.


O anseio dos produtores rurais, representados pela Farsul, somado aos resultados positivos obtidos com o Hackathon AgroUp realizado em dezembro de 2019, despertou a necessidade de promover novas ações que contribuam na agilidade da digitalização do agronegócio gaúcho. De acordo com o líder da Comissão de Inovação da Farsul, Donário Lopes de Almeida, os seminários, palestras e competição promovidos no ano passado sensibilizaram startups, produtores e investidores, que já direcionaram esforços para o desenvolvimento de soluções digitais para o agro.


O setor já vem utilizando a tecnologia ao longo do tempo, porém é necessário acelerar esse movimento, uma vez que isso possibilitará mais produção, sustentabilidade e renda no campo. “Algumas startups que estavam no hackathon em dezembro de 2019 estão hoje crescendo e encontrando novos focos de atuação e soluções para problemas reais do campo. E esse é o objetivo, dar oportunidades para que empreendedores lancem novas soluções para o campo, facilitando a vida de todos nós produtores”, esclarece Betânia Longaray Fonseca, que além de atuar na gestão da Comissão é produtora, diretora do Sindicato Rural de Camaquã e foi mentora na competição de startups.


Programação


Além do Portal HackatAgro.com, que concentra todas as informações sobre o projeto, será lançado, ainda em setembro, o trailer da 1ª temporada da Websérie HackatAgro. Dez episódios de vídeos curtos e objetivos abordarão eixos temáticos pertinentes ao movimento de digitalização do agronegócio. A Inovação no Agro; Passado, Presente e Futuro; A curva de Adoção de Inovações; O Mapa do Ecossistema de Inovação Brasileiro e A Agricultura de Precisão serão alguns dos assuntos abordados no material. Com similar conceito, mas com conteúdo mais longo e aprofundado, o projeto contempla uma série de Podcasts. Em dez episódios, especialistas, produtores e instituições irão debater temas relacionados ao movimento.


Ainda estão programados para o decorrer do projeto seis Webinars. O primeiro ocorrerá na manhã do dia 17 de setembro e abordará um tema fundamental: a Conectividade nos Campos Gaúchos. O evento vai apresentar um mapeamento da situação atual do Rio Grande do Sul, e perspectivas de evolução a partir do uso da telefonia móvel, fibra, satélite e rádio. Os Webinars ocorrerão a cada 20 dias e terão como objetivo apresentar o cenário atual e indicar caminhos concretos para a evolução. Os temas dos próximos eventos tratarão sobre problemas enfrentados no campo nas áreas de Comercialização, Custos de Produção e Segurança.


Já o hackathon – competição entre profissionais ligados ao desenvolvimento de softwares com o objetivo de desenvolver soluções para determinados desafios – será realizado em dezembro. O edital que determinará as regras, formato e desafios da maratona será lançado em breve e disponibilizado no site do HackatAgro.com.


O projeto HackatAgro 2020 conta com a produção da agência Neodigital, apoio das empresas Kepler Weber, Husqvarna e Unifértil, e parceria institucional de TecnoPUC, UFRGS/Zenit, UFSM/AGGITEC, Sebrae RS, Emater RS, Pacto Alegre, Associação Brasileira de Marketing e Agronegócio (ABMRA), Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (SINDAG) e Associação Anjos do Brasil.


Redação: Manuelle Motta

103 visualizações
h110-0419.jpg

PATROCÍNIO 

1200px-Husqvarna_logo.svg.png