top of page

Inovações tecnológicas fazem com que o agro se torne alvo de ataques cibernéticos

O agronegócio tem uma grande importância para a economia nacional e, com investimentos cada vez maiores em inovações tecnológicas para melhorar a produção e o tornar mais digitalizado, as empresas grandes e pequenas do setor se tornaram alvo de ataques cibernéticos.


O principal risco é o de indisponibilidade dos sistemas, já que as práticas de produção são bastante suportadas por tecnologias e processos mecanizados. Um exemplo desse tipo de ataque ocorreu em 2021, com a empresa JBS – a maior de processamento de carne do mundo – que foi alvo de um sequestro dos acessos aos computadores e cobrados por um valor em dinheiro pelo resgate, o que afetando muitas operações da empresa.


Diante disso e dos muitos ataques que não são divulgados, especialistas recomendam algumas medidas de proteção que vale para operações de qualquer porte, como instalar e atualizar softwares de antivírus e antimalware, realizar um ciclo permanente de gestão de vulnerabilidades do ambiente tecnológico para identificar as vulnerabilidades e implementar um monitoramento de segurança.


Existe também outras medidas de segurança, como implementar uma política de backup, criar um processo de verificação e sanitização das contas com acesso aos ambientes e implementar uma política de senha forte para os usuários.


Fonte: https://www.securityreport.com.br/overview/6-medidas-para-evitar-os-ciberataques-no-agronegocio/#.Y20u93aZPIW

19 visualizações0 comentário
bottom of page