Instituições parceiras do HackatAgro contribuem no fortalecimento da tecnologia no campo


O projeto HackatAgro 2020 conta com a parceria institucional de inúmeras entidades comprometidas com a causa de acelerar o processo de digitalização do agro gaúcho. Sebrae RS, Tecnosinos, TecnoPUC e Emater RS são algumas delas. Juntos, buscam dar voz a necessidade de investir em tecnologia no campo e possibilitar ao agricultor o acesso às ferramentas necessárias para incorporar, definitivamente, isso na rotina de trabalho.


Acreditando na força do agronegócio como fator de desenvolvimento econômico e social do estado e do país, o TecnoPUC apoia o HackataAgro desde a primeira edição. Segundo o superintendente de Inovação e Desenvolvimento da PUCRS, Jorge Luis Nicolas Audy, o projeto é uma excelente oportunidade para gerar soluções inovadoras para os desafios do setor do agronegócio. Isso porque ele aproxima os atores mais relevantes do segmento, tendo a inovação e o empreendedorismo como forças transformadoras.


A conexão entre desafios e soluções, também propiciada pelo projeto desenvolvido pela Comissão de Inovação da Farsul, desperta e inspira a criatividade de empreendedores e startups. “O HackatAgro instiga eles a pensar como as novas tecnologias podem transformar o segmento do agronegócio, acelerando o crescimento e os resultados em desenvolvimento e qualidade de vida para a nossa sociedade”, enfatiza Audy.


Reconhecendo os benefícios que a evolução tecnológica trará para os produtores rurais, a Emater RS também se uniu ao HackatAgro 2020. Isso porque a entidade vê o investimento em tecnologia e inovação como algo inevitável na atualidade. Para isso, definiu como umas das principais estratégias de trabalho a aposta em tecnologia, visando facilitar a vida dos extensionistas, dos agrônomos e dos profissionais que atuam junto aos produtores. “Sem a tecnologia, dificilmente produziremos alimentos de uma forma mais barata e em uma quantidade que supra a necessidade alimentar da população daqui para frente”, fala o presidente da Emater RS, Geraldo Sandri.


Mobilizar os envolvidos nesse processo é, para ele, algo fundamental. E o HackatAgro contribui para isso, visto que é organizado por uma comissão que conta com um grupo de pessoas e entidades conhecedoras do segmento agrícola. “Não temos outro caminho a seguir se não o do fortalecimento da tecnologia. E o projeto vem fortalecer isso, mobilizando e comunicando sobre a necessidade de encontrar alternativas, via iniciativa privada ou através de políticas públicas, que possibilitem atingir esses objetivos”, destaca o presidente estadual da Emater.


O HackatAgro é uma realização da Comissão de Inovação da Farsul, com produção da agência Neodigital, e conta ainda com a parceria institucional de UFRGS/Zenit, UFSM/AGGITEC, Pacto Alegre, Associação Brasileira de Marketing e Agronegócio (ABMRA), Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (SINDAG) e Associação Anjos do Brasil.


Redação: Manuelle Motta

34 visualizações
h110-0419.jpg

PATROCÍNIO 

1200px-Husqvarna_logo.svg.png