Modelo computacional ultrarrealista prevê formato das raízes para salto de eficiência

O software foi criado por pesquisadores holandeses para minimizar o desperdício de insumos


Pesquisadores holandeses da equipe de biólogos das universidades de Utrecht, Wageningen e Ghent publicaram um estudo na revista científica Developmental Cell com o desenvolvimento de um software capaz de detalhar com ultrarrealismo o modo como as raízes das plantas crescem e assim, criar oportunidades tanto para economia de insumos quanto para ganhos de produtividade.


O estudo vem para ajudar agricultores e empresas a cultivar com menos fertilizantes, irrigação e pesticidas. O padrão atual de aproveitamento destes insumos pelas plantas é ineficiente e pode desperdiçar até 95% da água, nutrientes e defensivos. As aplicações tem pouquíssimas precisões quando se pensa que o objetivo é entrar no raio de absorção da raiz.


Isso muda quando se é possível ter previsões mais realistas sobre o crescimento dos sistemas radiculares em situações específicas e assim, o aproveitamento dos insumos e o desempenho das lavouras podem crescer exponencialmente. O software consegue captar onde, ao longo da raiz principal, as raízes laterais de uma planta se desenvolvem sob a influência do hormônio vegetal auxina.



15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo