Startup lança shopping virtual de pecuária de corte

Ex-aluno da Esalq cria a Central do Boi, plataforma gratuita com foco no gado de corte para anunciar, comprar e vender

A plataforma promete popularizar o mercado digital da pecuária brasileira.


Formatado na EsalqTec Incubadora Tecnológica, a Central do Boi é uma plataforma com foco no gado de corte de reposição e permite ao usuário anunciar, comprar e vender bezerros, novilhos, vaca de invernar, pela internet, de forma prática, segura e gratuita. Em outras palavras, é como se fosse o “Mercado Livre” em que todos podem ser comerciantes, compradores e anunciantes ao mesmo tempo. Porém, com a aplicação de ferramentas necessárias para gerar informação e negociações seguras. O projeto, que vinha sendo desenvolvido há quatro anos, teve um empurrãozinho da pandemia com o crescimento da preferência pelos negócios digitais.


O fundador da empresa e idealizador do projeto, Matheus Scalco Mallmann, explica que a proposta é oferecer ao produtor e ao corretor de gado a possibilidade de expansão dos negócios, mantendo a comercialização direta entre as partes. “Há uma dinâmica própria nesse setor, ainda tem muito olho no olho e acordos fechados no ‘fio do bigode’. A Central do Boi não tem a pretensão de substituir isso, mas possibilitar melhores negócios, com diminuição de custos, mais segurança e menos riscos. "Estamos realmente propondo uma transformação no mercado digital da pecuária”, garante Matheus.


Entre o público-alvo estão os corretores de gado que, em sua maioria, atuam informalmente e não são institucionalizados. “Hoje qualquer pessoa pode ser corretora e a concorrência é enorme. Oferecemos a oportunidade dele se diferenciar dos demais profissionais da área. A nossa proposta é justamente qualificar esses usuários e intermediários, que são responsáveis por grande parte das negociações e da liquidez da atividade pecuária. Afinal, um dos grandes atrativos do setor é justamente a liquidez e quem possibilita isso é o corretor”, complementa.


Como funciona

As fotos ou vídeos dos lotes ofertados vêm acompanhados de informações como raça, peso e preço sugerido. Os interessados em vender ou comprar fazem o cadastro no site de forma simples. Havendo interesse em algum lote, as duas partes devem negociar entre si, e a Central do Boi auxilia quando solicitada, sem cobrança de comissão. Em breve entrarão no ar funcionalidades como pagamento via plataforma e sistema de avaliação. “Assim como o passageiro dá nota para o transporte por aplicativo depois de utilizá-lo, os produtores, corretores e usuários avaliarão a transação e se o combinado foi cumprido. Ser bem-conceituado oferece segurança a todos os interessados para as próximas compras”, compara Matheus.


Outra ferramenta oferecida é a atualização constante no site de informações do mercado e indicadores, como preço do boi gordo, oferta e demanda de abates. “Uma das grandes inseguranças do produtor é não saber se está recebendo ou pagando o valor que o gado realmente vale. Ao estar bem informado, ele passa a ter tranquilidade de que está fazendo o melhor negócio”, esclarece o empreendedor.


Fonte: Assessoria de imprensa


31 visualizações0 comentário