Syngenta escolhe o Brasil para lançar plataforma global de tecnologias e serviços digitais

Nova estrutura congrega todas as soluções da companhia e as disponibiliza para agricultores de todo o mundo



Líder mundial no segmento de defensivos agrícolas, a Syngenta escolheu o Brasil para lançar a nova estrutura global de negócios voltadas à agricultura 4.0. Batizada de Syngenta Digital, ela entrou em operação no dia 16 de junho e será operacionalizada por meio da plataforma Cropwise, guarda-chuva que congrega todas as ferramentas, tecnologias e serviços digitais antes ofertados pelas agtechs adquiridas pela companhia nos últimos anos. A nova frente chega para fortalecer os investimentos e promover o avanço do segmento dentro da empresa. “Entramos na área digital com aquisições por acreditar que era a forma mais rápida de ter bons produtos. Compramos quatro empresas ao redor do mundo, a Strider no Brasil, a Ag Connections e FarmShots nos Estados Unidos e a russa Cropio”, diz André Savino, diretor de Marketing da Syngenta no Brasil. “Depois de um período de amadurecimento, resolvemos criar uma plataforma global para assegurar a inovação em larga escala”, explica.


No Brasil, a entrada da Syngenta no universo digital aconteceu em 2017. Na época, a companhia analisou todas startups do agro no mercado e selecionou a mineira Strider, devido à maior sinergia com seus negócios e objetivos. Com expertise em monitoramento em tempo real de pragas e doenças na lavoura, a Strider já tinha uma boa penetração entre os agricultores e a vantagem de ser uma plataforma que permite a colaboração de outras agtechs, bem na linha de “ecossistema de inovações”, conceito que a Syngenta valoriza por entregar ao produtor tecnologia de forma simplificada. “Este processo assegura que uma inovação desenvolvida na  Rússia, ou nos Estados Unidos, possa vir para o Brasil e vice-versa. Mas é importante salientar que a Syngenta trabalha com o conceito de customização, ou seja, a companhia só traz as soluções que façam sentido para a realidade e necessidades do produtor local. Com este movimento, a Strider passa a integrar a plataforma global Cropwise. Inclusive, novas contratações serão realizadas na unidade de Belo Horizonte, onde nasceu a agtech”, diz Savino.


Hoje, as tecnologias e serviços digitais oferecidos pela Syngenta atingem mais de 2.500 produtores brasileiros, cobrindo uma área de 4,5 milhões de hectares de plantações de soja, milho, café, algodão de FLV (frutas, legumes e verduras). Mas o objetivo com a Cropwise é aumentar a abrangência e englobar agricultores de todos os portes. “Além de fortalecer nossa estratégia e portfólio digital, um dos principais objetivos da nova estrutura é permitir maior interface junto a pequenos e médios agricultores, para que possam intensificar a utilização das tecnologias, fundamentais no que toca a sustentabilidade financeira e ambiental no campo. As ferramentas permitem que produtores acompanhem e gerenciem as lavouras de modo mais inteligente, com acesso simplificado às soluções, diz o executivo. A estratégia da Syngenta é usar as mais de 200 revendas e as cooperativas espalhadas pelo Brasil para divulgar o portfólio de produtos digitais da Cropwise.



Inicialmente, a plataforma está alicerçada em dois braços. O Cropwise Protector, como o próprio nome já diz, detecta precocemente o aparecimento de pragas e doenças, por meio da geração de mapas de calor em toda a propriedade, permitindo que o produtor aja com rapidez para proteger a lavoura. Já o Cropwise Imagery é uma evolução do sensoriamento remoto, que possibilita ao empresário rural fazer a gestão da fazenda à distância, a partir de imagens de satélite.

Outra frente de tecnologia que está sendo desenvolvida pela Syngenta Digital diz respeito à contagem de estande, utilizando a inteligência artificial para deixar o processo de coleta de dados no campo mais simples, ao realizar automaticamente o reconhecimento e a contagem das plantas a partir da análise das imagens da lavoura. Este processo conta com maior precisão nas avaliações, além de dispensar a apuração manual, gerando menos desgaste às equipes de campo.

Sustentabilidade no campo

A estrutura de negócios digitais da Syngenta está alinhada ao posicionamento da empresa no âmbito da sustentabilidade. Neste quesito, a companhia tem por objetivo oferecer todo ano pelo menos duas inovações, que ajudem o agricultor a enfrentar os impactos causados pelas mudanças climáticas. Isso já acontece com o portfólio de ferramentas disponíveis na Cropwise, já que o produtor consegue fazer um uso mais racional de defensivos agrícolas, o que o torna mais sustentável ambientalmente e financeiramente. Em outras palavras, por meio de um acesso ampliado a soluções digitais, o agricultor identifica exatamente onde começou a infestação de uma praga ou doença, direcionando a aplicação aos locais exatos, evitando a proliferação por outros talhões, o que resulta em um uso mais racional de defensivos e, consequentemente, na redução dos custos para a propriedade.


O Brasil foi escolhido para o lançamento global da plataforma devido à importância do país na arena do agronegócio mundial. “O País está na vanguarda das tecnologias digitais e hoje representa cerca de 20% das vendas da Syngenta no mundo”, diz Savino. Mas a novidade será anunciada nos Estados Unidos Rússia e Ucrânia ainda este ano. Para saber mais detalhes, confira a live com o diretor de Marketing da Syngenta no Brasil, que acontece em 29 de junho, a partir das 14hs.

40 visualizações
h110-0419.jpg

PATROCÍNIO 

1200px-Husqvarna_logo.svg.png