Tecnologias inovadoras também ajudam na conquista de certificações agrícolas

A evolução do mercado nacional e internacional tem exigido que empresas constantemente se adequem às boas práticas envolvidas em todos os processos do ciclo de produção. Na agricultura não é diferente. Nessa atividade, as certificações são a mais importante comprovação do trabalho responsável (e sustentável).


E foi pensando nesse desafio que a startup CertifiCafé, de Manhaçu (MG), desenvolveu um sistema que simplifica os processos para a obtenção dessas certificações, exclusivamente para a cultura do café. Afinal, o processo tradicional é burocrático e oneroso – características que desestimulam a participação de pequenos e médios produtores.



Crédito: CNA.


O fundador e CEO da CertifiCafé, Mauro Júnior, afirma que, atualmente, apenas 0,8% das fazendas brasileiras de café possuem algum tipo de certificação. Com tecnologia capaz de realizar diagnósticos completos, indicando o que é necessário mudar na propriedade, esse percentual tem grande potencial de crescimento.


Alguns (bons) resultados já têm sido obtidos com a plataforma. Apenas no ano passado, sete pequenos agricultores familiares utilizaram a inovação, aplicaram as mudanças e conquistaram em três meses o Rainforest, um dos principais certificados da cafeicultura. Outros 13 produtores conquistaram certificações orgânicas de nível internacional.


Fonte: https://diariodocomercio.com.br/agronegocio/startup-vira-aliada-de-cafeicultores-em-certificacao/

32 visualizações0 comentário